19/10/2016
Prefeitura de Porto Velho quer definir nova empresa do transporte coletivo até o fim do ano
Nova empresa terá que atender a exigências como ter 40% da frota com ar-condicionado. Desde janeiro deste ano o Consórcio SIM opera o transporte coletivo de forma emergencial.
A prefeitura de Porto Velho abriu edital para contratação de uma empresa para operar no transporte coletivo da capital. De acordo com a Semtran, secretaria municipal de transporte e Transito, a previsão é que até novembro as propostas das empresas interessadas sejam analisadas para que o contrato já seja firmado em dezembro.

O edital foi divulgado no último dia 23 de setembro e traz algumas obrigações a empresa vencedora, dentre elas:

Ter uma frota com no mínimo 180 veículos, sendo que

- 30% dos ônibus devem ter até 36 meses de uso;

- 70% dos ônibus devem ter até seis anos de uso;

- 40% dos veículos devem conter ar-condicionado:

- E 100% dos ônibus devem ter acessibilidade. 

Após a analise pela semtran a empresa vencedora passará pela fase de documentação, para saber se está apta para o serviço contratado. Em dezembro o contrato deve ser homologado e a partir começam há contar 150 dias para que ela cumpra todos os termos do edital.

Em janeiro deste ano, o Sistema Integrado Municipal de Transporte de Passageiros (Consórcio SIM) assumiu em caráter emergencial o serviço de transporte coletivo da capital, esse contrato deve ser encerrado agora em dezembro, mas o tempo para instalação da nova empresa deve demorar no mínimo 5 meses.







 

Fonte: Redação