06/07/2018
Prefeitura investe em complementação alimentar para atletas do programa Talentos do Futuro
Os alimentos são fornecidos através de uma empresa contratada via licitação. O lanche, que será servido ao final de cada treino, inclui frutas, sanduíche, suco e algumas proteínas para complemento.
Os alunos matriculados no programa “Talentos do Futuro”, executado pela Secretaria de Esportes e Lazer da Prefeitura de Porto Velho (Semes), começaram a receber complementação alimentar nesta quarta-feira, 4.

Os primeiros contemplados foram os atletas da natação do Parque Aquático Vinícius Danin, anexo à Escola Padrão, no Bairro Cuniã, local onde ocorreu, nesta quarta-feira, a solenidade oficializando essa ação.

Os alimentos são fornecidos através de uma empresa contratada via licitação. O lanche, que será servido ao final de cada treino, inclui frutas, sanduíche, suco e algumas proteínas para complemento.

Subnutridos

Durante o evento, o secretário da Semes, Gerson Costa, lembrou a ocasião em que técnicos do Flamengo, do Rio de Janeiro, estiveram em Porto Velho para a realização de uma peneira e se mostraram entusiasmados com o celeiro de bons atletas existentes aqui.

Os olheiros argumentaram, porém, segundo Gerson, que os atletas que participaram da peneira não estavam em pé de igualdade com os do Rio de Janeiro justamente porque alguns deles se encontravam subnutridos.

“Eles pediram que tomássemos alguma providência nesse sentido. Eu respondi que essa necessidade nós já tínhamos verificado e a Prefeitura já está resolvendo através da complementação alimentar”, afirmou o secretário.

Primeira fase

Nesta primeira fase serão beneficiados cerca de 600 alunos do Talentos do Futuro 1, que são aqueles atendidos diretamente pelos professores da Semes nas modalidades coletivas (vôlei, basquete, handebol, futsal e futebol de campo) e individuais (judô, natação, xadrez, taekwondo e ginástica rítmica) realizadas nas escolinhas existentes nas zonas Norte, Sul e Leste de Porto Velho.

Entre os alunos atendidos, estão 50 crianças com deficiência que também participam do projeto. Gerson Costa esclareceu que a alimentação será custeada com recursos próprios da pasta.

“Em uma segunda etapa, dependo do orçamento, atenderemos o projeto Talentos do Futuro 2 e o 3. O primeiro contempla associações de bairros, e o segundo atende os distritos - ambos totalizam 5. 200 alunos”, destaca o gestor.






 

Fonte: Renata Beccária/PMPV