04/07/2018
Produção industrial recua em maio devido à greve dos caminhoneiros
Com esse resultado, o patamar de produção retornou a nível próximo a dezembro de 2003 ficando, dessa forma, 23,8% abaixo do ponto recorde alcançado em maio de 2011.


A produção industrial nacional recuou 10,9% em maio frente a abril, queda mais acentuada desde dezembro de 2008. O gerente de indústria do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), André Macedo, afirma que o quadro negativo é resultado da greve dos caminhoneiros.

André pontua os setores mais afetados pelo recuo.

Com esse resultado, o patamar de produção retornou a nível próximo a dezembro de 2003 ficando, dessa forma, 23,8% abaixo do ponto recorde alcançado em maio de 2011. Em relação a maio de 2017, a indústria recuou 6,6%, recuo mais elevado desde outubro de 2016, e interrompeu doze meses consecutivos de taxas positivas.






 

Fonte: Rádio Nacional