29/06/2018
Suspeito de atirar em jornal é acusado de homicídio qualificado
Segundo a agência Associated Press, que teve acesso aos registros do tribunal, o atirador não tem um advogado e está previsto que haja uma audiência ainda nesta sexta.
Um homem identificado como Jarrod Warren Ramos enfrenta cinco acusações de homicídio qualificado no tribunal criminal do distrito de Anne Arundel pelo ataque a tiros à redação do jornal "Capital Gazette", de Maryland, nos Estados Unidos.

Segundo a agência Associated Press, que teve acesso aos registros do tribunal, o atirador não tem um advogado e está previsto que haja uma audiência ainda nesta sexta.

As autoridades acusam Jarrod W. Ramos de ter atirado dentro das instalações do jornal, nesta quinta, deliberadamente, o que resultou em ao menos cinco mortos e dois feridos.


+Notícias

Tiroteio em redação de jornal nos Estados Unidos deixa mortos e feridos


As cinco pessoas mortas são: Gerald Fischman, 61, editor do jornal; Rob Hiaasen, 59, assistente do editor; John McNamara, 56, redator; Rebecca Smith, 34, agente de vendas, e Wendi Winters, 65, que trabalhava em publicações especiais.

Segundo a CNN e a NBC, Jarrod W. Ramos teria 38 anos e seria autor de uma ação contra o jornal em 2012, por difamação, que foi julgada improcedente, e passou anos assediando os jornalistas nas redes sociais.






 

Fonte: Notícia ao Minuto