29/06/2018
Luiz Fux diz que só deve decidir tabela de frete após audiência pública de 27 de agosto
Luiz Fux tem tentado conciliar os questionamentos entre entidades de classe a favor e contra a tabela, mas ainda não conseguiu acordo. O ministro é o relator de três ações no Supremo que questionam a constitucionalidade da tabela.


O ministro do Supremo Tribunal Federal Luiz Fux anunciou que só deve tomar uma decisão sobre a tabela de frete dos caminhoneiros depois de uma audiência pública sobre o assunto.

O encontro está marcado para o dia 27 de agosto. Representantes do setor produtivo avaliam recorrer ao plantão do Supremo, durante o recesso da Corte. Fux disse que não vai ceder à pressão.

Sonora: "Eu entendo que é uma matéria muito técnica e essa audiência pública vai trazer muitas informações necessárias ao julgamento de um setor da economia que a gente não tem expertise sobre ele. De sorte que eles evidentemente são livres para pedir no plantão, mas eu não vou decidir antes da audiência pública".

Luiz Fux tem tentado conciliar os questionamentos entre entidades de classe a favor e contra a tabela, mas ainda não conseguiu acordo. O ministro é o relator de três ações no Supremo que questionam a constitucionalidade da tabela.

Os preços mínimos de frete divulgados no fim do mês passado são parte do acordo para encerrar a greve dos caminhoneiros. A tabela foi criada por meio de uma medida provisória assinada pelo presidente Michel Temer e de uma resolução da Agência Nacional de Transportes Terrestres.






 

Fonte: Rádio Nacional