29/06/2018
Ministro do STF concede habeas corpus a Eduardo Cunha; ex-deputado continua preso
Mesmo assim, o ex-presidente da Câmara dos Deputados vai continuar detido, porque existem outros três decretos de prisão contra ele. Eduardo Cunha está preso desde outubro de 2016.


O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello concedeu, nessa quinta-feira (28), um habeas corpus para o deputado cassado Eduardo Cunha, do MDB do Rio de Janeiro.

Mesmo assim, o ex-presidente da Câmara dos Deputados vai continuar detido, porque existem outros três decretos de prisão contra ele. Eduardo Cunha está preso desde outubro de 2016.

Por telefone, o advogado de Cunha, Pedro Ivo Velloso, avaliou que a concessão do habeas corpus respeita a Constituição e resgata a legalidade do processo.

Ele classificou a prisão de Eduardo Cunha como ilegal e desnecessária, porque, segundo a defesa, nem mesmo os delatores confirmaram as acusações.






 

Fonte: Rádio Nacional