11/06/2018
Mulher é presa por dar calote em restaurante a beira do Rio Madeira
A suspeita na companhia de uma amiga consumiram alimentação e bebidas que totalizaram a quantia de R$195, 50. No momento de pagar a conta, ela afirmou que a amiga havia saído para buscar dinheiro, mas não atendia o telefone.
Acusada do crime de outras fraudes, Adryely P. N., 32, foi presa no domingo (10) após não pagar a despesa em um restaurante na Rua José Camacho, bairro Arigolândia, na beira do Rio Madeira, em Porto Velho.

A suspeita na companhia de uma amiga consumiram alimentação e bebidas que totalizaram a quantia  de R$195, 50. No momento de pagar a conta, ela afirmou que a amiga havia saído para buscar dinheiro, mas não atendia o telefone.

Uma guarnição da Polícia Militar foi acionada e os militares mantiveram contato com o pai da suspeita por telefone para verificar se ele pagaria a conta. Porém, o homem teria dito: "Pode prender".

A suspeita então recebeu voz de prisão e foi levada para a Central de Flagrantes. Na delegacia foi verificado que ela já tinha outras passagens por crimes da mesma natureza.






 

Fonte: Rondoniaovivo