06/06/2018
2,5 mil pessoas podem ter o Bolsa Família cancelado em Porto Velho
Atualmente outras 17 mil famílias precisam comparecer em unidades de saúde para fazer o acompanhamento de rotina, como verificação de peso, altura, vacinas, e também pré-natal para gestantes. Este acompanhamento já é referente ao ano de 2018.
Cerca de 2,5 mil famílias de Porto Velho podem ter o Bolsa Família cancelado em Porto Velho. De acordo com a prefeitura da capital, o cancelamento pode ocorrer, pois as famílias beneficiadas pelo programa não atualizaram os dados de 2017, que são obrigatórios. O prazo para se regularizar termina em 29 de junho.

Ainda segundo a Semusa, atualmente outras 17 mil famílias precisam comparecer em unidades de saúde para fazer o acompanhamento de rotina, como verificação de peso, altura, vacinas, e também pré-natal para gestantes. Este acompanhamento já é referente ao ano de 2018.

As famílias da zona rural também precisam fazer o acompanhamento de saúde, que também encerra o prazo em 29 de junho.

Os atendimentos aos beneficiários estão sendo realizados em todas as unidades de saúde da capital.

Para promover uma agilidade no acompanhamento, a unidade de saúde Dr. José Adelino está com horário diferenciado durante a semana, sendo este de 8h30 às 11h30 e das 14h às 17h30.

Para a realização do atendimento é necessário apresentar:
  • Comprovante de endereço
     
  • Cartão do SUS
     
  • Número de identificação social
     
  • Caderneta de acompanhamento da família e o cartão de vacina atualizado dos recém-nascidos e crianças de até 7 anos





 

Fonte: G1 RO