04/06/2018
Eduardo Japonês é eleito prefeito com 100% dos votos válidos em Vilhena, RO
Por volta de 18h40 veio o anúncio oficial de que Eduardo Japonês venceu a eleição suplementar, com 21.520 votos. Rosani Donadon ficou em segundo, com 15.933 votos (nulos). Eduardo concorria pela segunda vez ao cargo de prefeito da cidade.
O candidato Eduardo Japonês (PV) recebeu mais de 21 mil votos e venceu a eleição suplementar para prefeito com 100% dos votos válidos em Vilhena (RO), neste domingo (3), a 700 quilômetros de Porto Velho. O candidato recebeu todos os votos válidos, pois a adversária, Rosani Donadon (MDB), estava com registro de candidatura indeferido.

Japonês e a candidata a vice, Maria José, são da Coligação “Trabalho, Respeito e Verdade já” e ficaram na frente da apuração desde o início do registro dos votos no Fórum de Vilhena.

Quando se tinha 42,78% das urnas apuradas, o candidato já somava 9.341 votos, contra 6.640 de Rosani.

Por volta de 18h40 veio o anúncio oficial de que Eduardo Japonês venceu a eleição suplementar, com 21.520 votos. Rosani Donadon ficou em segundo, com 15.933 votos (nulos).

Eduardo concorria pela segunda vez ao cargo de prefeito da cidade. Em 2016, numa disputa também contra Rosani, Japonês recebeu 16.822 votos, contra 21.356 votos de Rosani Donadon, que acabou eleita e teve o mandato cassado neste ano.

Votação

De acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 43.974 mil eleitores foram às urnas para escolher o novo prefeito. A cidade tinha 58.798 eleitores aptos a votarem, mas 14.824 faltaram, ou seja, uma abstenção de 25,21%.

A apuração demorou quase duas horas. O TSE diz que 1.520 pessoas votaram em branco e outros 4.941 anularam o voto.






 

Fonte: Eliete Marques e Jonatas Boni - G1 Vilhena e Cone Sul. Foto: Renato Barros/Rede AM