18/05/2018
Manuela defende fim da prisão após 2ª instância e mais Estado na economia
Manuela D´Ávila, 36, pré-candidata à Presidência pelo PC do B, defende o fim da prisão após condenação em segunda instância e afirma que sua posição (e de seu partido) não é para beneficiar exclusivamente o ex-presidente Lula.
Manuela D´Ávila, 36, pré-candidata à Presidência pelo PC do B, defende o fim da prisão após condenação em segunda instância e afirma que sua posição (e de seu partido) não é para beneficiar exclusivamente o ex-presidente Lula, preso em Curitiba.

Ela diz esperar que o petista possa se candidatar. "Torço e acredito que ele deva concorrer nas eleições."

Em entrevista à TV Folha, Manuela defende que o BNDES e os bancos públicos sejam utilizados para induzir a indústria nacional.


Veja a entrevista completa:

 


+Entrevistas com pré-candidatos

Vera Lúcia, pré-candidata pelo PSTU, quer desapropriar 100 empresas


Boulos faz aceno a petistas e diz que Lula sofre injustiça


Ciro diz ter pena de Gleisi e que PT faz burrice





 

Fonte: Folha de São Paulo