25/04/2018
Prefeitura decide que estado de alerta para cheia do Rio Madeira não será prorrogado
A perspectiva é que chegue em torno dos 14 metros até o final desta semana. A Prefeitura vem distribuindo água mineral, cestas básicas, hipoclorito de sódio, kit dormitórios e kit alimentação.
O nível do Rio Madeira, que durante a Semana Santa atingiu 16.80 m, vem baixando consideravelmente. A perspectiva é que chegue em torno dos 14 metros até o final desta semana.

Diante dessa nova situação, o coordenador da Defesa Civil, Marcelo Santos, afirmou que não será necessário prorrogar o estado de alerta.

Ele destacou ainda que a determinação do prefeito Hildon Chaves (PSDB) é que, mesmo com a baixa do leito do rio, a Defesa Civil mantenha a ajuda às comunidades atingidas.

A Prefeitura vem distribuindo água mineral, cestas básicas, hipoclorito de sódio, kit dormitórios e kit alimentação.

Para o coordenador Marcelo Santos, a criação da Sala de Situação, instituída pelo prefeito, foi fundamental para que todas as ações fossem agilizadas e que a população ribeirnha não ficasse sem atendimento. “Durante esse período, a Prefeitura esteve presente em todas as localidades do Médio e do Baixo Madeira prestando assistência aos ribeirinhos”, declarou Marcelo.





 

Fonte: PMPV