20/04/2018
Policiais Militares conduzem reeducando que rompeu tornozeleira eletrônica
Acionada via Central de Operações 190, uma guarnição de serviço recebeu a denúncia de populares de que um homem estava cortando a tornozeleira eletrônica de monitoramento que utilizava.
No início da noite da última terça-feira (17) Policiais Militares do 3º Batalhão da Polícia Militar (BPM) conduziram um reeducando por dano/depredação, em Vilhena.

O suspeito cumpria pena no regime semiaberto e rompeu o equipamento de monitoramento eletrônico.

Ocorrência policial

Acionada via Central de Operações 190, uma guarnição de serviço recebeu a denúncia de populares de que um homem estava cortando a tornozeleira eletrônica de monitoramento que utilizava.

Após os militares chegarem no local indicado pelos denunciantes, Juliano J. S. tentou evadir-se, porém os militares conseguiram alcançá-lo. Em checagem junto à Colônia Penal, os militares confirmaram que o aparelho era para monitoramento do reeducando e que havia sido violado há poucos minutos.

Diante dos fatos foi dada voz de prisão ao agente, que foi conduzido e entregue na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp).





 

Fonte: PM/RO