19/04/2018
Porto Velho é a cidade com maior número de homicídios em Rondônia segundo dados da Sesdec
Nos primeiros dois meses do ano, dos 72 homicídios registrados pela Polícia Civil em todo o estado, 22 foram na capital, sendo 16 em janeiro e seis em fevereiro.
Porto Velho é a cidade de Rondônia que mais registrou casos de homicídio doloso nesse início de ano, despontando como uma das mais violentas do estado em números absolutos. Os dados foram disponibilizados pela Secretaria de Estado da Segurança (Sesdec).

Nos primeiros dois meses do ano, dos 72 homicídios registrados pela Polícia Civil em todo o estado, 22 foram na capital, sendo 16 em janeiro e seis em fevereiro. Apesar de altos, os índices são menores do que os registrados nos primeiros dois meses de 2017, que tiveram 77 casos de mortes por assassinato no estado, sendo 23 em Porto Velho.

O índice de violência na capital supera o que foi registrado no mesmo período na região do Vale do Jamari, que corresponde aos municípios de Ariquemes, Buritis, Machadinho D'Oeste, Cujubim, Campo Novo de Rondônia, Monte Negro, Alto Paraíso, Cacaulândia e Rio Crespo, onde há registros de conflitos armados em disputas por terras. Nessa região foram registrados 18 assassinatos em janeiro e fevereiro de 2017, e 15 no mesmo período de 2018.

Os índices, para Porto Velho, ficam mais expressivos se for considerado o dado relativo aos casos de tentativa de homicídio. De acordo com o levantamento da Sesdec, a capital registrou 50 tentativas de homicídio no bimestre, e no estado foram registradas 120.

Os casos de lesão corporal também são alarmantes. Em Porto Velho foram 600 casos nos dois meses e mais de 1,4 mil em todo o estado.

Já quanto a roubos seguidos de morte (latrocínio), quatro casos foram regristados em Rondônia. O número supera o registrado no mesmo período do ano passado, quando a polícia relatou três casos do crime.





 

Fonte: Toni Francis - G1 RO