19/04/2018
Defesa Civil e Emater atendem comunidades à margem esquerda do Rio Madeira
As comunidades foram atendidas pela Defesa Civil, com 1.149 fardos de água, 350 frascos de hipoclorito de sódio, além de alimentos perecíveis - mandioca, abóbora e frutas. A equipe da Defesa Civil esteve acompanhada dos técnicos da Emater.
Pelo menos 87 famílias da comunidade de São Miguel, na margem esquerda do rio Madeira, foram atendidas nesta terça-feira (17) pela Defesa Civil, com 1.149 fardos de água, 350 frascos de hipoclorito de sódio, além de alimentos perecíveis - mandioca, abóbora e frutas. A equipe da Defesa Civil esteve acompanhada dos técnicos da Emater.

Os alimentos foram adquiridos pelo Plano de Aquisição de Alimentos (P.A), uma parceria entre o Governo do Estado e o Governo federal. A Secretaria Municipal de Assistência Social e da Família (Semasf) também acompanhou a Defesa Civil para fazer o levantamento e cadastro das famílias nessa localidade.

A técnica da Emater responsável pelo P.A em Porto Velho, Ivonete Dias, afirmou que os alimentos que estão sendo doados foram comprados nas comunidades de Curicaca, Brasileira, Cujubim e Bonserá antes da enchente do rio.

“Fomos a essas comunidades junto com a Defesa Civil e vimos que eles perderiam toda a plantação, para evitar que tivessem prejuízo, decidimos adquirir os produtos com antecedência”, declarou Ivonete.

Essas mercadorias são compradas diretamente do agricultor - sem intermediários, e tem por objetivo atender as famílias em vulnerabilidade.





 

Fonte: Defesa Civil