28/11/2017
Mulher tem fotos intimas vazadas no WhatsApp, comete ato de desespero e está no hospital em estado grave
De acordo com informações  da PM de Chupinguaia, nenhuma queixa em relação ao crime foi registrada, a mulher teria tido suas fotos íntimas vazadas num grupo de WhatsApp.
Uma moradora da cidade de Chupinguaia em Rondônia está em estado grave no Hospital Regional de Vilhena, após ingerir produtos de limpeza na empresa em que trabalhava na cidade vizinha. A informação foi confirmada por uma conhecida da vítima, que teria agido por desespero, ao ser vítima de bullying.

De acordo com informações  da PM de Chupinguaia, nenhuma queixa em relação ao crime foi registrada, a mulher teria tido suas fotos íntimas vazadas num grupo de WhatsApp.

Ainda não se sabe quem postou as imagens no grupo da indústria na qual a mulher trabalha no setor de limpeza. Conforme conhecidos, a vítima da ação é casada e tem filhos. Ao se ver em poses sensuais no aplicativo, ela teria ingerido os produtos químicos e trazida para Vilhena. O quadro da paciente vem se agravando nos últimos dias, conforme amigos.

O site está tentando contato com familiares para obter mais informações, e mantém o nome da faxineira em sigilo por se tratar de uma situação em que ela é vítima de um crime virtual.






 

Fonte: Folha do Sul