03/08/2017
Semtran realiza cerca de 190 apreensões de veículos irregulares na capital
Entre os veículos apreendidos nesta blitz foram: 2 mototaxis; uma moto “pirata”; um táxi iregular; sete carros piratas; cinco ônibus “piratas”; um ônibus escolar “pirata”; 104 motos particulares, encaminhadas ao Detran e um carro particular também encaminhado ao Detran.
Desde o início do ano a Prefeitura de Porto Velho, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), vem realizando operações de combate ao transporte irregular na capital. De janeiro a julho foram aprendidos cerca de 190 veículos. A Semtran, juntamente com o Detran e a Polícia Militar (PM) realizaram diversas blitz na cidade, com o objetivo de intensificar as operações.

As blitz foram realizadas do dia 17 até o dia 27 do mês de julho, durante este período cerca de 91 mototaxistas foram abordados e apenas 4 estavam irregulares. Entre os veículos apreendidos nesta blitz foram: 2 mototaxis; uma moto “pirata”; um táxi iregular; sete carros piratas; cinco ônibus “piratas”; um ônibus escolar “pirata”; 104 motos particulares, encaminhadas ao Detran e um carro particular também encaminhado ao Detran. Os outros 68 veículos foram apreendidos ao longo do semestre.

Clandestinos ou piratas são veículos que fazem o transporte remunerados ilegal de passageiros, independente da categoria particular ou aluguel, como: Uber, Cabfy, grupos de WhatsApp entre outros, tudo o que não é cadastrado, que não obedece os critérios legais.

O secretário da Semtran, Marden Negrão, parabenizou as equipes de fiscais e agentes da Semtran pelo trabalho que tem sido desenvolvido e estendeu os parabéns às equipes do Detran e da PM, ressaltando a importância das operações conjuntas. “O trabalho desenvolvido em parceria resulta na maior amplitude da fiscalização e isso beneficia não só o trânsito, mas a saúde pública também com a redução no número de acidentes e traz segurança, valorizando o condutor ”, declarou o secretário.






 

Fonte: PMPV